Bro Code - Nunca sejas um impata.

Vi algo parecido em alguma dessa partilhas no mural do Facebook ou mesmo em algum grupo do Whatsapp, um hit da internet onde pessoas d...


Vi algo parecido em alguma dessa partilhas no mural do Facebook ou mesmo em algum grupo do Whatsapp, um hit da internet onde pessoas desconhecidas olhavam-se por um minuto ou coisa parecida.
Tinha sido meu primeiro pensamento, estava quieta e olhava para ele atentamente, mas minha mente produzia milhares de ideias, a principal era a ridicularidade da situação.
- És tão linda! – Num sussurro elogiou-me, exibindo pela centésima vez seu estúpido sorriso, fazendo que minha mente esvazia-se no mesmo instante, a sinceridade de suas palavras eram visíveis no seu olhar, o canto de seus olhos enrugavam e suas bochechas ficavam ainda mais fofas com aquele estúpido sorriso nos lábios.
Relaxei diante aquela vista, não era tão perfeita, ou digna de capa de alguma revista, mas valia a pena contempla-la. A noção do tempo perdi, talvez porque sua hipnotize já fazia efeito, porque a única coisa que via eram seus olhos, não o rosto, não o sorriso, somente seus olhos. Um tom castanho mais claros que o meu, sua iris brilhante, o quão adoráveis eles eram, semelhantes aos ursos de pelúcia que guardava em caixas no fundo do meu closet, a maneira tenra e meiga que ele olhava intensificando a vontade de leva-lo a casa. Cada segundo que passava maior era a vontade de olha-lo sem interrupção.
- Estou faminto! – Quase pulei da cadeira com o susto que levei, escondi minhas mãos trêmulas por baixo da mesa.
Que merda, até parece que meus pais tinham apanhado-me num ato intimo, pois meu coração palpitava velozmente e sentia meu rosto a arder, e era só Theodore, por que razão sentia-me assim?
Meu melhor amigo exibia seu sorriso de lado, que mostrava a diversão que estava tendo conosco.
- Não interrompi nada, certo? – Questionou apenas dirigindo sua atenção em Ansel.
- Até que sim! – Respondi encarando-o – Mas fico feliz que o tenhas feito, por que já estava procurando palavras para informar a Ansel que desse jeito ele só consegue “coisinhas” enrugadas – bebi meu milkshake.
- Gosto tanto de mulheres maduras – Confessou Theo sentando-se,
- Não estavas com fome? – Questionou Ansel com olhar preso a Theo.
- Correção! Ainda estou – ouvimos sua barriga roncar.
- O balcão é por ali – indicou a direção, como se quisesse livrar-se de Theo, o que me fez sorrir.
- Disseste que pagavas – Theo lembrou-lhe.
Revirando os olhos, Ansel alcançou a carteira e removeu cartão que tinha usado com a nossa refeição.
- Não, não, não! – Disse impedindo que o cartão chega-se as mãos de Theo – Não queres fazer isso – informei Ansel
- Alícia! – Resmungou Theo, irritado por ter destruído sua ida ao centro comercial free.
- Confia em mim – disse encarando o loiro.
A maneira que seus olhos se reviraram, até mesmo como ele levantou-se e arrastou-se até ao balcão, o suspiro que deu quando foi-lhe informado o que devia pedir, fez com que eu e Theo nos ríssemos, péssimo ator Ansel era.
- Alguém hoje mata-me no sono! – Comentou Theo sentando-se no lugar que Ansel ocupava.
- Agora serão duas pessoas que pretendem fazê-lo – vinquei minha sobrancelha num olhar ameaçador.
- Precisavam de um empurrão – justificou-se – E diz-me se não valeu a pena?
- Ele até que é um ursinho! – As palavras escaparam pela minha boca, vendo seu corpo alto curvando-se no balcão enquanto fazia o pedido de nosso amigo em comum.
Porem o olhar que recebi de Theo não era típico para aquelas situações.

Nota da Autora

Olá! Tudo bem?
Lamento a demora e o capítulo, não está do jeito que queria, mas não consigo fazer melhor :(
E, dia 17 cá é dia do Herói Nacional e teremos um final de semana prolongado e talvez Bro Code irá terminar neste final de semana. Irei postar desde quinta dois capítulos, um pela manhã outro ao anoitecer.
Não respondi, mas li os comentários, fico muito feliz que tenham gostado das Sinopses :D
Fiquem bem!
Beijos

You Might Also Like

12 comentários

  1. Theo, oh Theo, o quê que tu queres da tua vida? (imitando minha professora de português da 8 classe)
    Quando é que os rapazes das historias vão se aperceber que não se brinca de matchmaker com a best friend?
    Acabei de chegar em casa depois de fazer uma prova para qual estudei a noite toda mas fiz em menos de cinco minutos -_- , agora vou estudar para prova de amanha, nem sabia do fim de semana prolongado, alegria das alegrias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca provavelmente LOL
      Podes crer que é. Melhor noticia da semana

      Eliminar
  2. A Alícia está finalmente a mostrar que gosta do Ansel! Gostei.
    Posta logo.

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  3. O Theo no seu melhor haha!
    Gostei do capítulo!
    Posta logo.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  4. "- Ele até que é um ursinho!" Meu Deus, ri com essa!
    Theo banca o cupido e depois interrompe, não consigo entender kk
    falando nele, acho que ele gosta da Alícia, não sei...
    Gostei do capítulo, e mais ainda da ideia de postar mais dois na quinta-feira!
    Beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ninguém consegue conter a fome, hahaha.
      Veremos .
      Infelizmente não consegui mas irei fazer de tudo que acabe esse final de semana
      Beijos

      Eliminar
  5. Eu acho que o Theo estragou todo o momento!
    Espero pelo próximo capítulo.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  6. Que conversa animada ahah! Foi um pouco difícil entender o Theo neste capítulo. O que é que ele pretendia mesmo?
    Gostei de saber que a Alícia afinal confessou gostar um "pouco" do Ansel.
    Posta logo.

    Bjs :)

    ResponderEliminar

Seguidores

2015-2016 © Sons da Alma. Com tecnologia do Blogger.